Orgão Oficial

CBC - Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões - Journal of the Brazilian College of Surgeons

Artigos do Autor

2 resultado(s) para: Antônio Oliveira de Araújo

Traumatismos vasculares pediátricos na cidade de Manaus, Amazonas – Brasil

Pediatric vascular trauma in Manaus, Amazon – Brazil

Cleinaldo de Almeida Costa, TCBC-AM; José Emerson dos Santos Souza, AsCBC-AM; Antônio Oliveira de Araújo; Flávio Augusto Oliva Melo, AsCBC-AM; Isabelle Nascimento Costa, AsCBC-AM; Paulo Henrique Klein

Rev. Col. Bras. Cir. 2016;43(5):320-326 : Artigo Original

Resumo

OBJETIVO: avaliar a incidência de traumatismos vasculares pediátricos em doentes atendidos no Hospital Pronto Socorro da Criança Zona Leste, na cidade de Manaus.
MÉTODOS: estudo retrospectivo de doentes pediátricos vítimas de traumatismos vasculares atendidos no período de fevereiro de 2001 a fevereiro de 2012.
RESULTADOS: foram estudados 71 doentes com predominância do sexo masculino (78,87%) com média de idade de 7,63 anos. O mecanismo de trauma predominante foi o ferimento por arma branca em 27 pacientes (38,03%). A média de internação foi 10,18 dias, com 16 doentes necessitando de cuidados em unidade de tratamento intensivo com permanência média de 8,81 dias. As principais lesões ocorreram em extremidades, com predomínio do membro superior, com lesões das artérias ulnar em 13 (15,66%) e radial em dez (12,04%). O procedimento mais utilizado foi a exploração vascular 35 (32,4%). Em nove doentes (12,68%) ocorreram complicações. A mortalidade foi 1,4%, em um paciente com lesão da veia ilíaca comum e da veia cava inferior, devido à queda de altura.
CONCLUSÃO: o traumatismo vascular pediátrico ocorreu predominantemente em extremidades. As dimensões dos vasos lesionados tornaram a correção cirúrgica mais complexa e aumentaram os índices de complicações, particularmente, de amputações.


Palavras-chave: Traumatismo vascular. Criança. Adolescente.

Trauma cardíaco fatal na cidade de Manaus/AM, Brasil

Fatal cardiac trauma in the city of Manaus, Amazonas state, Brazil

Antônio Oliveira de Araújo; Fernando Luiz Westphal, TCBC-AM; Luiz Carlos de Lima; Jéssica de Oliveira Correia; Pedro Henrique Gomes; Emanoel Nascimento Costa; Luciana Mac edo Level Salomão; Cleinaldo Nascimento Costa, TCBC-AM

Rev. Col. Bras. Cir. 2018;45(4):1-8 : Artigo Original

Resumo

OBJETIVO: determinar o índice de trauma cardíaco fatal na cidade de Manaus e esclarecer os mecanismos de trauma e de morte, o tratamento hospitalar prévio, assim como as lesões associadas ao trauma cardíaco.
MÉTODOS: estudo retrospectivo, observacional, transversal, que revisou os laudos de necropsias do Instituto Médico Legal de Manaus entre novembro de 2015 e outubro de 2016, cuja causa mortis foi lesão cardíaca.
RESULTADOS: o índice de trauma cardíaco foi de 5,98% (138 casos) dentre 2306 necropsias realizadas no período do estudo. Homens foram afetados em 92%. A mediana de idade foi de 27 anos (14 a 83). A arma de fogo foi o mecanismo de trauma em 62,3% e a arma branca em 29,7%. A exsanguinação foi responsável pela maioria das mortes e o tamponamento cardíaco esteve presente emsegundo lugar. Óbito no local ocorreu em 86,2%. Os ventrículos foram as câmaras mais lesionadas. O hemotórax foi descrito em 90,6%. Apenas 23 (16,7%) doentes foram removidos até o pronto socorro, porém seis deles (26,2%) não foram submetidos à toracotomia, apenas à drenagem de tórax. O pulmão foi acometido em 57% unilateralmente e 43% bilateralmente.
CONCLUSÃO: o trauma cardíaco fatal representou um índice de 5,98% na cidade de Manaus. A maioria dos doentes morre na cena do trauma, geralmente devido à exsanguinação causada por ferimento de arma de fogo. Cerca de um quarto dos pacientes que chegaram ao pronto socorro e morreram, não foram diagnosticados com trauma cardíaco em tempo hábil.


Palavras-chave: Traumatismos Cardíacos. Tamponamento Cardíaco. Exsanguinação. Mortalidade.

Copyright 2018 - Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões